1. Close
    La LigaJornada 14
    vivê-la emEstadio Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    Real SociedadReal Sociedad
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 14
      Estadio Santiago Bernabéu
     11/23/2019
    21:00
    COMPRAR BILHETES

    partilharfacebooktwitter

  2. Close
    EuroligaJornada 9
    vivê-la emWiZink Center
    Real MadridReal Madrid
    vs
    Khimki  Khimki
    Informação do jogo
    Euroliga, Jornada 9
      WiZink Center
     11/19/2019
    21:00
    COMPRAR BILHETES

    partilharfacebooktwitter

EmiratesAdidas

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

Manchester United - Real Madrid

3-1: Cristiano Ronaldo estreou-se no último jogo da digressão americana

Ver galeria

CRÓNICA | 02/08/2014 | Alberto Navarro (Michigan)

Bale marcou de pénalti o golo do Real Madrid, que concluiu o périplo pelos Estados Unidos com uma derrota frente ao Manchester United. 
  • International Championship Cup
  • Amigável
  • 02/08/2014
Estádio University of Michigan
3
1
Amcelotti já avisou que nenhum jogo diante de um adversário do calibre do Manchester United possa ser considerado amigável. E foi a isso que assistimos no relvado do University of Michigan Stadium. As duas equipas entregaram-se e disputaram um jogo vistoso no estádio com maior capacidade no pais. Além do mais, estreou-se esta temporada Cristiano Ronaldo. O espectáculo não podia ser maior. 

Foi o conjunto inglês o primeiro a rematar e a adiantar-se no marcador ao minuto 21. A combinação entre Rooney, Fletcher e Welbeck terminou nos pés de Young, que com um remate rasteiro ao primeiro poste bateu Casillas. A resposta foi tão rápida, apenas cinco minutos mais tarde, como contundente. Passe longo de Xabi Alonso, e quando Bale entra na área, é claramente derrubado por Keane. O próprio jogador galês transformou o pénalti e igualou o embate no minuto 26. 

FOI O JOGO DE FUTEBOL COM MAIS ESPECTADORES NA HISTÓRIA DOS ESTADOS UNIDOS.  

A primeira parte estava a ser vibrante. As duas equipas procuravam atacar e Bale esteve próximo de bisar, naquela que foi a jogada mais bonita do encontro. Centro de Isco e espectacular remate de bicicleta do galês, que obrigou De Gea a brilhar aos 35'. Dois minutos mais tarde apareceu o golo que dava vantagem aos britânicos ao intervalo. Young colocou o esférico na área, Rooney não chegou e o centro foi tão venenoso que surpreendeu Casillas. 

Entra Cristiano Ronaldo
Bale também teve protagonismo na segunda metade, que começou sem alterações do lado branco. Dominou em corrida e entrou na área depois de se livrar de Keane com uma finta genial, pisando a bola. O passe atrasado não foi aproveitado da marca de pénalti por Isco aos 47'. O galês estava a exibir o descomunal momento de forma que atravessa e levantou de novo o público dos seus lugares na cobrança de uma falta que acertou no poste aos 55'. Nesse lance, Xabi Alonso sentiu dores e foi substituído por Raúl de Tomás.  

Eram os melhores minutos dos madridistas, que na segunda parte estavam a ser melhores tanto física como futebolisticamente que o Manchester United, mais rodado. E faltava ainda entrar Cristiano Ronaldo, que se estreou esta temporada com mais 15 minutos pela frente para ajudar a sua equipa. Mas quando faltavam dez minutos para o final, apareceu o golo de Chicharito, que deixou os brancos sem hipótese de virar o resultado, e com o pensamento na Supertaça Europeia frente ao Sevilha. 

Pesquisar