LazoGanadores de Champions LeagueOtro
Real Madrid - Barcelona

O Madrid inicia no Palácio a final da Liga Endesa

NOTÍCIA | 19/06/2014 | C. Trujillo

Os brancos confiam no apoio dos seus adeptos para somarem o primeiro ponto da série frente ao Barcelona (20:30 h portuguesas).
Real Madrid e Barcelona, as mesmas equipas que este ano já se defrontaram em cinco ocasiões (4-1 a favor dos brancos), iniciam o playoff pelo título da Liga no Palácio dos Desportos (20:30 h portuguesa). Trata-se da final mais repetida da história da ACB. A 12ª vez em que ambos os conjuntos medirão forças, registando-se um saldo de 6-5 favorável aos brancos).

O Madrid, que chega à final depois de uma série duríssima contra o Unicaja, aspira a revalidar o título diante de um Barcelona que derrotou o Valência Basket no último segundo do quinto encontro. O Palácio vai receber os dois primeiros assaltos. Os brancos confiam no seu poderoso ataque (88,3 pontos de média frente aos 76,3 dos azul-grená) para viajar até ao Palau com 2-0 a seu favor na série.

Dois troféus frente ao Barcelona em 13-14
A equipa de Pascual pretende desforrar-se depois de várias derrotas, como a da Final Four (62-100) ou a que sofreu no último segundo da final da Taça do Rei (76-77). As outras duas vitórias brancas surgiram na Liga (98-84) e na Supertaça (79-83). 

Em 71,4% dos casos, a equipa que beneficiou do factor-casa conquistou o título.

Apesar do saldo favorável, Laso tem um discurso sem espaço para triunfalismos: "Para ganhar o título temos de jogar ao nosso melhor nível. Tentaremos manter a vantagem do campo sabendo que precisamos do apoio dos nossos adeptos". O técnico continua sem poder contar com Draper, mas já conta com Slaughter, que se tinha lesionado no último jogo em Málaga. Alberto Martín completa a convocatória.

O Barcelona atravessa um bom momento. Marcelinho e Tomic têm tido um papel determinante,além de que Navarro é o terceiro jogador mais valorizado do playoff e o quarto melhor marcador, ao que se junta ainda o trabalho de Nachbar, Oleson ou Dorsey. 

A eficácia dos capitães
Claro que Sergio Llull rompeu com todas as previsões nestas eliminatórias. Melhor marcador do playoff (15 pontos), o mais valorizado e o melhor assistente de entre os bases que chegam à final, é ainda um dos maiores recuperadores, juntamente com o seu companheiro Sergio Rodríguez. O natural das Baleares vive um momento excelente e pretende culminar a temporada com a conquista do título.

Ao seu lado estará Reyes, segundo melhor marcador do playoff (13,8) e melhor ressaltador ofensivo. Espera-se muito dos dois diante do Barcelona para conquistar um título da Liga que, a confirmar-se, será o 32º do Real Madrid e o segundo consecutivo, algo que não consegue desde a temporada 93-94.

Convocatória:
Bases:
Llull, S. Rodríguez e Alberto Martín.
Segundos-bases: Carroll.
Extremos: Rudy, Darden e Díez.
Extremos-postes: Reyes, Mirotic e Slaughter.
Postes: Bourousis e Mejri.
 

23

Segundo base

9

Extremo-poste

Pesquisar