EmiratesAdidas
Real Madrid - Partizán

O Madrid procura carimbar a passagem aos playoffs na inédita visita ao Bayern

NOTÍCIA | 13/03/2014 | C. Trujillo

No Audi Dome vão enfrentar os dois maiores ressaltadores do Top 16, aspecto chave para conseguir o triunfo (19:45, hora portuguesa, Canal + Deporte).
Nova viagem, a terceira em menos de uma semana, e novo compromisso com a vitória. O Real Madrid está em Munique, onde vai enfrentar o Bayern no Audi Dome, um campo onde nunca jogou. As bancadas vão estar cheias e os adeptos, tal como a equipa, vão tentar evitar o triunfo madridista. Em caso de vitória da equipa de Laso, está assegurada a passagem aos quartos-de-final da Euroliga.

Líderes contra os quintos do Grupo F, os brancos têm 8 vitórias e procuram a nona, que coloca 5 pontos de vantagem sobre o 5º classificado, quando faltam quatro jornadas para concluir o Top 16, pelo que, matematicamente já asseguravam a passagem aos quartos-de-final, e colocavam-se entre as oito melhores equipas da Europa. Para isso, têm que bater o conjunto alemão, algo que Pablo Laso antevê como difícil, apesar da terem conseguido na primeira volta o melhor resultado de toda a época na Euroliga: 111-87. 

Não podemos esquecer que o conjunto madridista é o mais marcador deste Top 16, com uma média de 86,2 pontos por jogo, enquanto o adversário é o 12º, com pouco mais de 71. Precisamente no jogo da terceira jornada do Top 16 disputado no Palácio dos Desportos, os brancos realizaram 20 minutos mágicos onde conseguiram marcar 72 pontos. 

Pesic: alguns jogadores do Real Madrid têm qualidade para liderar equipas da NBA. Para vencer, temos que defender com agressividade e ofensivamente ser excelentes. 

Apesar das baixas, Carroll e Draper ainda indisponíveis, os recursos ofensivos da equipa madridista são inúmeros. Os dois Sergios estarão encarregados de travar o maior marcador da equipa alemã, e quem controla o ritmo de jogo, Delaney, que apresenta 13,33 pontos por jogo nesta fase. Não podemos esquecer que o Chacho apresenta 15,11, Llull apresenta 13,22, e se a esta dupla somarmos o extremo de Maiorca Rudy Fernández, que soma 12,22, deparámo-nos com um trio demolidor em campo.

A defesa e o ressalto são as chaves
Não obstante, como advertiu um dos homens mais intimidadores do conjunto madridista, Ioannuis Bourousis, há que estar atento a um dos aspectos mais perigosos dos germânicos, a capacidade de ganhar ressaltos, que lhes permite dispôr de segundas oportunidades. No parqué do Audi Dome vão estar as duas equipas mais ressaltadoras do Top 16: 38,7 do Bayern contra 35,8  do Madrid.

Para tal contam com a destreza de Bryant (6,78 por jogo) e Thompson (4,78) contra a dos homens de Madrid, como Bourousis (5,89). E obviamente com a dos que lutam constantemente como Felipe Reyes ou Marcus Slaughter. Em qualquer dos casos, e como reconheceu uma das estrelas da equipa alemã, Deon Thompson: "Temos que jogar o melhor que sabemos para discutir o jogo. A defesa é a chave". 

Convocatória:
Bases: Llull, S. Rodríguez e A. Martín.
Extremos: Rudy, Darden, Díez e Barreiro.
Extremos-Poste: Reyes, Mirotic e Slaughter.
Postes: Bourousis e Mejri.

5

Extremo

30

Poste

9

Extremo/poste

Pesquisar