EmiratesAdidas
Málaga - Real Madrid

0-1: O líder não falha no estádio "A Rosaleda"

Ver galeria

CRÓNICA | 15/03/2014 | Alberto Navarro

O golo de Cristiano Ronaldo, que encadeia cinco jogos a marcar, deu três importantes pontos em Málaga ao Real Madrid, equipa que acumula já 30 encontros sem perder.
  • Liga BBVA
  • Jornada 28
  • Sáb, 15 Mar
La Rosaleda
0
1
Ao Real Madrid só lhe faltam já quatro saídas na Liga depois de ganhar ao Málaga, no estádio "A Rosaleda", continuando no lugar mais alto da classificação e a meter pressão aos adversários. Muito aberto e com polémica começou o jogo. De facto, quase à chegada, Bale foi derrubado dentro da área por Angeleri quando se preparava para disparar à baliza, no minuto 6’. Clarissimo penalti que não foi assinalado por Martínez Munuera.

A segunda jogada de perigo também foi protagonizada pelos brancos. A bola disparada por Cristiano Ronaldo aos 12' chegou com pouca força às mãos de Willy. Já não falhou o melhor jogador do mundo, 11 minutos depois, na segunda oportunidade que teve. Recebeu dentro da área, apesar de muito vigiado, conseguiu abrir espaço, com um subtil toque com o exterior da perna direita, e chutou o esférico com tal precisão que nem uma esforçada tentativa de defesa do guarda-redes local conseguiu evitar o avanço no marcador. Quinto jogo consecutivo em que o português marca para o Real Madrid. Conseguiu, afinal, o mais difícil mas ainda havia muito jogo por diante.

ESPETACULAR GOLO DO JOGADOR PORTUGUÊS, QUE AMPLIA DISTÂNCIAS NA LUTA PELO TROFÉU PICHICHI

Apesar de tudo, as ocasiões de golo continuavam a ser para a equipa visitante, que podia ter feito o segundo com um disparo de Cristiano Ronaldo impedido de ultrapassar a baliza por Willy com a perna esquerda aos 25’. Cumprida a primeira meia hora, Ancelotti viu-se obrigado a fazer a primeira substituição. Di María substituiu a Benzema, que se retirou depois de um choque inesperado com Cristiano Ronaldo. Precisamente a última jogada de perigo na primeira metade foi também do português. Um passe longo de Marcelo e Di María, sem deixar a bola tocar a relva, chega ao jogador portugués, que faz um remate de cabeça desviado.

Segundo jogo sem ser batido
O Málaga, amparado na condição de dono da casa, apretou no início da segunda parte. Foram seis minutos duros que os brancos resolveram com mestria, voltando a encontrar oportunidades para aumentar a distância. Jogada espetacular de Di Maria, que conduziu a bola praticamente de uma área à outra, conseguir desviar três rivais em campo e ainda permitiu o isolamento de Isco num frente a frente com Willy. O remate do médio branco foi, contudo, demasiado alto, aos 51’.

Os minutos passavam e o Real Madrid estava cada vez mais perto de conseguir somar mais três pontos, na luta para vencer o campeonato. Houve ainda que sofrer nos últimos instantes frente ao Málaga, que se atreveu a crescer durante alguns momentos, mas a equipa líder voltou a mostrar solidez e, em três oportunidades mais, vontade de ampliar distâncias no marcador, através dos pés de Cristiano Ronaldo, terminando invencível pelo segundo jogo consecutivo.

Pesquisar