1. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    Borussia DortmundBorussia Dortmund
    Informação do jogo
    Champions League, Jornada 6 (Fase de Grupos)
    Santiago Bernabéu
    2016/12/07
    20:45

    partilhar

    Seguinte

    Champions League20:45Real MadridvsBorussia Dortmund

    Anterior
  2. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    DeportivoDeportivo
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 15
    Santiago Bernabéu
    2016/12/10
    20:45

    partilhar

    Seguinte

    La Liga20:45Real MadridvsDeportivo

    Anterior

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

Del Bosque Vicente Del Bosque González

1968 · 1984
Local de nascimento
Salamanca
Ano de nascimento
23/12/1950

Uma carreira recheada de êxitos

Posição em campo: Centrocampista
Jogos efectuados: 339 oficiais y 106 amigáveis
Golos marcados: 25
Internacional pela Espanha: 18 vezes

É o exemplo do triunfo da humildade, da qualidade e do trabalho. A mistura de todas estas qualidades fez com que Del Bosque entrasse para a história do Real Madrid. Médio marcadamente ofensivo e grandes dotes de organizador, o natural de Salamanca era imprescindível para todos os treinadores que com ele conviveram no clube.
 
Deu os primeiros pontapés na bola na sua cidade-natal, até que o emblema branco o recrutou ao Salmantino. Duas épocas mais tarde, subiu ao plantel principal, mas no clube havia um plano específico para ele: empresta-lo para que pudesse dispor de mais minutos de jogo. Na primeira temporada foi cedido ao Castellón, onde sofreu várias lesões. Seguiram-se Córdoba e de novo Castellón. O seu crescimento foi de tal ordem que o Real Madrid fez dele titularíssimo da equipa principal.
 
A sua estreia aconteceu na época 1973/74. Seguiram-se 11 campanhas brilhantes, recheadas de triunfos. Del Bosque integrou um meio-campo de muitos quilates, ao lado de Netzer, Velázquez e Pirri, que levou o madridismo a celebrar nove títulos.
 
Um dos grandes momentos que viveu enquanto jogador foi na final da Taça de 74 contra o FC Barcelona. Os brancos tinham perdido por 5-0 no Campeonato frente à equipa de Cruyff. Mas o Real Madrid de Molowny teve a sua vingança e goleou os “azuis-grená” no Calderón (4-0) e levantou o troféu. A sua brilhante carreira incluiu ainda 18 internacionalizações, tendo disputado o Europeu, em 1980, em Itália.
 
Duas “Champions” como treinador branco

Sob o seu comando técnico, o Real Madrid festejou sete conquistas. Sobressaíram as duas finais ganhas da Liga dos Campeões, em 2000 e 2002. Um palmarés apenas comparável ao da equipa branca nos anos 50 e 60.

Vicente del Bosque começou por treinar as equipas da formação e por ser director da cantera. Em 1994 assumiu o comando da primeira equipa mas de forma temporária, tal como em 1996. Três anos mais tarde, o natural de Salamanca voltaria ao banco, onde permaneceria quatro temporadas. Foi uma terceira e última passagem na qual levou o Real Madrid ao mais alto.

Após a sua saída do clube de Chamartín, Del Bosque tentou a sorte no Besiktas da Turquia e depois chegou à selecção espanhola. A sua presença no banco da equipa nacional também tem sido sinónimo de sucesso. A conquista de um Europeu e do primeiro Mundial da história do futebol espanhol colocaram-no entre os melhores treinadores do planeta.


Palmarés

Palmarés como jogador:
5 Campeonatos
4 Taças de Espanha
 
Palmarés como treinador:
2 Taças dos Campeões
1 Taça Intercontinental
1 Supertaça da Europa
2 Campeonatos
1 Supertaça de Espanha

null
Buscar