1. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    DeportivoDeportivo
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 15
    Santiago Bernabéu
    2016/12/10
    20:45

    partilhar

    Seguinte

    La Liga20:45Real MadridvsDeportivo

    Anterior
  2. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    GranadaGranada
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 17
    Santiago Bernabéu
    2017/01/07
    13:00

    partilhar

    Seguinte

    La Liga13:00Real MadridvsGranada

    Anterior

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

Zamora Ricardo Zamora Martínez

1930 · 1936
Local de nascimento
Barcelona
Ano de nascimento
21/01/1901

“O divino”

Posição em campo: Guarda-redes
Jogos efectuados: 152
Internacional pela Espanha: 46 vezes

O jogador mais importante da década de 30 em Espanha e um dos maiores da nossa história. Ricardo Zamora Martínez tinha todas as virtudes de que necessita um guarda-redes. Por isso ficou conhecido como “O Divino”. A sua presença entre os potes foi decisiva para que o Real Madrid vencesse os seus dois primeiros Campeonatos (1931/32 e 1932/33).
 
Filho de um médico, Zamora não escutou os conselhos do pai, que queria que ele também se dedicasse à Medicina. Talento precoce, assinou pelo Espanyol com 15 anos e ganhou a prata olímpica aos 19 anos (Nos JJ OO de Antuérpia 1920). Alternou entre a equipa “perica” e o Barcelona até 1930, quando assinou pelo Real Madrid criando uma tremenda expectativa.
 
Com Zamora, a equipa branca deu um salto qualitativo. Mostrava segurança em todas as suas acções. A sua posição na baliza era perfeita. Destacava-se pelos reflexos incríveis, nervos de aço e personalidade. O Real Madrid que ele liderou terminou a temporada de 1931/32 invicto, repetindo o título nacional no ano seguinte.
 
O seu último encontro como madridista foi a final da Taça de 1936, na qual rubricou uma exibição de antologia que lhe valeu outro troféu. Zamora terminou a carreira no Nice, em França. Na actualidade, o troféu que é entregue anualmente ao guarda-redes menos batido da Luva espanhola tem o seu nome. Se já existisse na sua época, tê-lo-ia conquistado em três ocasiões (1930, 1932 e 1933). Faleceu a 8 de Setembro de 1978.


Palmarés

2 Campeonatos
2 Taças de Espanha

null
Buscar