1. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    DeportivoDeportivo
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 15
    Santiago Bernabéu
    2016/12/10
    20:45

    partilhar

    Seguinte

    La Liga20:45Real MadridvsDeportivo

    Anterior
  2. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    GranadaGranada
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 17
    Santiago Bernabéu
    2017/01/07
    13:00

    partilhar

    Seguinte

    La Liga13:00Real MadridvsGranada

    Anterior

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

Marsal Ramón Marsal Ribó

1955 · 1961
Posição
Médio
Local de nascimento
Madrid
Ano de nascimento
12/12/1934

Especialista em grandes golos

Posição em campo: médio
Jogos efectuados: 59 oficiais
Golos marcados: 27
Internacional pela Espanha: 1 vez
 
“El Nene” (o miúdo, em português), como lhe chamava Di Stéfano, deu nas vistas por ser um jogador tecnicista, que jogava com ambos os pés e ainda possuía um apurado olfacto goleador. A partir da sua posição de interior direito era capaz de assistir os companheiros e assumir posições de disparo.
 
Miguel Malbo, pai dos escalões de formação do Real Madrid, foi o seu descobridor. O seu périplo madridista começou nos juniores. Depois foi emprestado a equipas como Hércules e Múrcia para facilitar a sua evolução. Esta decisão começou a dar frutos na temporada de 1955/56 quando regressou para formar parte do plantel principal.
 
Na temporada de estreia conquistou a primeira Taça dos Campeões. O madrileno, de apenas 21 anos, foi titular frente ao Stade de Reims no Parque dos Príncipes. Na época seguinte assinou a primeira dobradinha europeia na história do futebol: Campeonato e Taça dos Campeões. Na liga doméstica marcou um golo memorável frente ao Atlético de Bilbau. “Falou-se desse golo durante anos”, chegou a comentar Di Stéfano.
 
Chegou a vestir a camisola da selecção espanhola, mas uma lesão terrível acabou com a sua carreira. Graves problemas num dos joelhos forçaram-nos a abandonar o futebol e impediram que continuasse a aumentar um palmarés já de si repleto de grandes conquistas. Faleceu a 22 de Janeiro de 2007. 


Palmarés

3 Taças dos Campeões
3 Campeonatos

null 1ª Copa de Europa 2ª Copa de Europa 3ª Copa de Europa 4ª Copa de Europa
Buscar