1. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    DeportivoDeportivo
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 15
    Santiago Bernabéu
    2016/12/10
    20:45

    partilhar

    Seguinte

    La Liga20:45Real MadridvsDeportivo

    Anterior
  2. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    GranadaGranada
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 17
    Santiago Bernabéu
    2017/01/07
    13:00

    partilhar

    Seguinte

    La Liga13:00Real MadridvsGranada

    Anterior

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

Molowny Luis Molowny Arbelo

1946 · 1957
Local de nascimento
Santa Cruz de Tenerife
Ano de nascimento
12/05/1925

Um génio do futebol vindo das Canárias

Posição em campo: Avançado
Jogos efectuados: 198 oficiais
Golos marcados: 104
Internacional pela Espanha: 7 vezes

Velocidade, precisão e atrevimento. Todas estas qualidades tornaram-no um génio do futebol canário e posteriormente um ídolo do madridismo. Partindo desde a faixa esquerda, a sua finta e os cruzamentos para a área foram um pesadelo para os adversários.
 
Depois de passar por Tenerife e Marino, Molowny tornou-se um objectivo de Real Madrid e F.C. Barcelona. A estratégia de Santiago Bernabéu, que enviou Jacinto Quincoces a Las Palmas para fechar a contratação do jogador, culminou com o canário vestido de branco.

A sua estreia não poderia ter sido mais idílica. Os brancos defrontaram o Barcelona no estádio Metropolitano. E quando parecia que o resultado final seria um empate, o canário inventou uma magnífica cabeçada que deu a vitória ao Real Madrid. Foi o presságio para uma carreira recheada de triunfos, como atestam os sete troféus em 11 temporadas, entre os quais dois Campeonatos e a Taça dos Campeões.
 
Sempre ao serviço do clube
 
Se a carreira de Molowny como jogador foi magnífica, também o foi a de treinador. A sua inteligência em campo teve correspondência ao passar para o banco e até na direcção desportiva. Não foi fácil assumir o comando técnico, pois teve de substituir nada menos do que Miguel Muñoz, o treinador mais laureado da história dos brancos.
 
Molowny cumpriu na perfeição nos seus primeiros cinco meses e ganhou a Taça do Rei de 1974. Começou com o pé direito mas no final da temporada passou a exercer funções na formação face à chegada de Miljan Miljanic. Em Setembro de 1977 substituiu o jugoslavo e permaneceu duas temporadas no banco. Resultado: mais dois troféus, neste caso Campeonatos nacionais.
 
Anos mais tarde, depois da fase de Boskov, o clube voltou a recorrer aos seus serviços e na recta final da temporada de 1981-1982 conquistou a Taça do Rei. O seu último contributo para o Real Madrid foi substituir Amancio (Abril de 1985). Concluiu essa época e treinou mais uma com um saldo espectacular: um Campeonato, uma Taça da Liga e duas Taças UEFA.


Palmarés

Como jogador
1 Taça dos Campeões
1 Taça Latina
2 Mini-Copas do Mundo
2 Campeonatos
1 Taça de Espanha

Como entrenador
2 Taça UEFA
3 Campeonatos
2 Taças de Espanha

 

null 1ª Copa de Europa
Buscar