1. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    DeportivoDeportivo
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 15
    Santiago Bernabéu
    2016/12/10
    20:45

    partilhar

    Seguinte

    La Liga20:45Real MadridvsDeportivo

    Anterior
  2. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    GranadaGranada
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 17
    Santiago Bernabéu
    2017/01/07
    13:00

    partilhar

    Seguinte

    La Liga13:00Real MadridvsGranada

    Anterior

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

Zoco Ignacio Zoco Esparza

1962 · 1974
Local de nascimento
Garde (Navarra)
Ano de nascimento
31/07/1939

Sobriedade, entrega e dinâmica no meio-campo

Posição em campo: Médio
Jogos efectuados: 438 oficiais
Golos marcados: 16
Internacional pela Espanha: 25 vezes

Um baluarte no centro do campo. Zoco foi um desses jovens e valentes jogadores que deram um novo impulso ao Real Madrid na década de 60, quando a carreira de mitos como Di Stéfano e Puskas estavam a chegar ao fim. Com a camisola branca ganhou tudo e pela selecção espanhola conquistou o Europeu de 1964 frente à URSS. O maior êxito da equipa nacional espanhola no século XX.
 
O navarro apareceu no Osasuna e chegou ao Real Madrid em 1962, ao mesmo tempo que Amancio e Lucien Muller. Na sua primeira época ganharam o Campeonato e em 1966 a Taça dos Campeões. Era o Real Madrid “Yeyé”, composto por onze talentosos jogadores espanhóis. O seu líder era o veterano Paco Gento.
 
Com os seus 184 centímetros de altura e 81 quilos de peso, Zoco era um muto no meio-campo, zona onde se construíram muitos dos êxitos do Real Madrid. Um jogador sóbrio e sem pontos fracos que não hesitava em subir ao ataque para tentar causar estragos nas bolas altas. Conqustou a admiração do público pela sua lealdade, honestidade e entrega.
 
O seu adeus ao futebol não poderia ter sido melhor. No último encontro da temporada 1973/74, na final da Taça de Espanha, o Real Madrid derrotou o Barcelona por 4-0. Zoco levantou o troféu graças a um gesto generoso do capitão Ramón Grosso, que lhe cedeu o posto. Um digno final para uma carreira extraordinária. Faleceu a 28 de Setembro de 2015.


Palmarés

1 Taça dos Campeões
7 Campeonatos
2 Taças de Espanha


 

null Zoco 6ª Copa de Europa
Buscar