Mateos Enrique Mateos

1953 · 1961
Posição
Avançado
Local de nascimento
Madrid
Ano de nascimento
15/06/1934

Um histórico da era dourada

Posição em campo: avançado
Jogos efectuados: 93 oficiais
Golos marcados: 50
Internacional pela Espanha: 8 vezes
 
Este fino avançado natural de Madrid destacou-se graças a uma capacidade nata para a finta e um oportunismo frente à baliza ao alcance de muito poucos naquela época. Teve de lutar por um lugar na equipa com grandes mitos como Rial, Joseíto ou Luis del Sol. A sua perseverança e grandes condições valeram-çhe para que tivesse permanecido oito temporadas no clube e levantasse nove troféus.
 
A sua chegada ao Real Madrid foi algo paradoxal. O já desaparecido estádio Metropolitano recebia em 1953 um encontro entre a Espanha e o Plus Ultra. A selecção espanhola preparava a qualificação para o Mundial da Suíça. A exibição de Enrique Mateos foi de tal forma apoteótica que o Real Madrid fechou a sua contratação na manhã seguinte.
 
Estreou-se no Campeonato contra o Sporting de Gijón marcando um golo. Foi titular em duas da quatro finais da Taça dos Campeões que os brancos disputaram enquanto esteve no clube. Palmarés invejável de um futebolista que também teve a sua dose de sofrimento por causa das lesões.
 
A sua presença decisiva no melhor Real Madrid da história valeu-lhe a chamada à selecção espanhola. Vestiu a camisola da Espanha por oito vezes. Deu os últimos pontapés na bola em interessantes experiências em equipas dos Estados Unidos e da África do Sul. Era alguém à frente do seu tempo. Faleceu a 6 de Julho de 2001.


Palmarés

4 Taças dos Campeões
1 Taça Intercontinental
4 Campeonatos



 

Buscar