1. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    DeportivoDeportivo
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 15
    Santiago Bernabéu
    2016/12/10
    20:45

    partilhar

    Seguinte

    La Liga20:45Real MadridvsDeportivo

    Anterior
  2. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    GranadaGranada
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 17
    Santiago Bernabéu
    2017/01/07
    13:00

    partilhar

    Seguinte

    La Liga13:00Real MadridvsGranada

    Anterior

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

Butragueño Emilio Butragueño Santos

1982 · 1995
Local de nascimento
Madrid
Ano de nascimento
22/07/1963

Génio, mito, cavalheirismo e honestidade

Posição em campo: Avançado
Jogos efectuados: 463 oficiais, 106 amigáveis
Golos marcados: 171
Internacional por Espanha: 69 vezes

Foi um génio, um mito, um jogador que elevou o futebol à categoria de arte. Desenhou fintas inverosímeis e golos de sonho. Perante o seu engenho, a força bruta era derrubada e o futebol adquiria outra dimensão. A sua alcunha serviu para baptizar uma das melhores gerações de jogadores da história do Real Madrid e do futebol espanhol. Juntamente com Sanchís, Míchel, Martín Vázquez e Pardeza liderou a “Quinta del Buitre”.
 
A sua visão de jogo e a capacidade de improvisação cativaram o interesse dos olheiros do Atlético de Madrid. Mas Butragueño e o pai preferiram que ele vestisse a camisola do clube de que eram sócios. Assinou então pelas categorias de formação do Real Madrid.
 
Militando ainda no Castilla, o seu nome começou a aparecer nas primeiras páginas dos jornais. Tinha estatísticas espectaculares e Alfredo Di Stéfano chamou-o à equipa principal, pela qual se estreou um 5 de Fevereiro de 1984 em Cádiz. Subiu ao terreno de jogo com o número 14 e revolucionou o encontro. Marcou dois golos e deu a assistência para o terceiro.
 
A sua presença foi decisiva para que a equipa ganhasse a Taça UEFA dois anoa seguidos (1985 e 1986). Estes títulos valeram-lhe o reconhecimento unânime do futebol europeu. Conquistou o Troféu Bravo para o melhor jogador com menos de 24 anos em dois anos consecutivos. Ao lado de Hugo Sánchez formou a linha avançada titular do Real Madrid durante muitas épocas.
 
Durante 12 anos foi uma presença constante na equipa. Sem ser um grande goleador, ganhou o Troféu Pichichi. Butragueño despediu-se como jogador do Real Madrid a 15 de Junho de 1995, num jogo de homenagem ante a Roma. O Bernabéu agradeceu-lhe a entrega às cores madridistas. Foi-se com palavras de agradecimento para a instituição que aprendeu a amar desde a bancada e o terreno de jogo e que continua a amar na condição de adepto.


Palmarés

6 Campeonatos
2 Taças UEFA
2 Taças do Rei
1 Taça da Liga
4 Supertaças de Espanha


 
null
Buscar