Ciriaco Ciriaco Errasti Suinaga

1931 · 1936
Local de nascimento
Eibar (Guipúzcua)
Ano de nascimento
08/08/1904

O escudo de Zamora

Posição em campo: Defesa
Jogos efectuados: 117 oficiais
Internacional pela Espanha: 14 vezes

Zamora, Ciriaco, Quincoces…”. Era assim que, nos anos 30, os adeptos começavam a dizer as equipas do Real Madrid e da selecção espanhola. Isso porque, depois da contratação do guarda-redes na temporada anterior, Santiago Bernabéu decidiu que era preciso trazer também a dupla de centrais do Deportivo Alavés. E assim foi, formando-se um trio histórico no futebol espanhol.
 
Depois de conseguir a subida de divisão com o conjunto de Vitória, Ciriaco integrou o plantel branco e começou a confirmar com títulos o futuro que lhe havia sido augurado. E não demorou a fazê-lo, uma vez que a sua primeira época concluiu com o primeiro troféu do campeonato a ir para as vitrinas madridistas, sem qualquer derrota. Esse sucesso repetiu-se na temporada seguinte, numa prova do domínio que a equipa exercia nesses tempos.
 
A contundência defensiva do natural de Guipúzcua ficou patente nas estatísticas dessas duas temporadas. Zamora encaixou apenas 15 golos na primeira e 17 na segunda mas uma lesão deixou Ciriaco fora de combate na terceira época, na qual só pôde disputar os últimos jogos. Isso permitiu-lhe participar no Mundial de 1934 em Itália e voltar a ser indiscutível no Real Madrid, conquistando duas Taças
 
O início da Guerra Civil pôs fim à carreira de um defesa poderoso, de uma tremenda personalidade e de uma potência imprópria para a época. Ele e os inseparáveis Zamora e Quincoces foram nomeados melhor trio defensivo do mundo ao serviço da Espanha, por quem jogou em14 ocasiões. Faleceu a 8 de Novembro de 1984.


Palmarés

2 Campeonatos
2 Taças de Espanha
5 Campeonatos Mancomunados

Buscar