1. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    DeportivoDeportivo
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 15
    Santiago Bernabéu
    2016/12/10
    20:45

    partilhar

    Seguinte

    La Liga20:45Real MadridvsDeportivo

    Anterior
  2. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    GranadaGranada
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 17
    Santiago Bernabéu
    2017/01/07
    13:00

    partilhar

    Seguinte

    La Liga13:00Real MadridvsGranada

    Anterior

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

1971-1980

A década em que a equipa conquistou o sexto troféu da Liga em plena propriedade ficou também marcada pela morte de Santiago Bernabéu. O futebol vestiu-se de luto a 2 de Junho de 1978, com o desaparecimento do presidente que elevou o Real Madrid ao ponto mais alto. Luis de Carlos substituiu aquele que foi seu amigo e mentor. Dirigiu a instituição branca durante 7 anos. Durante esse período, soube encarnar e transmitir os valores da instituição, o que lhe valeu reconhecimento a nível mundial.

Podes ver com detalhe cada temporada desta década no Timeline do nosso Facebook.

Na Liga, a equipa mostrou-se muito solida em casa na temporada 1978-79. Apenas cinco rivais conseguiram levar um ponto do Bernabéu: Espanhol, Sevilha, Hércules, Las Palmas e Atlético de Madrid. Molowny tirou o máximo rendimento dos seus jogadores e fora de casa também conseguiu impor-se. O triunfo no El Molinón (0-1, com golo de Santillana foi determinante para que a equipa merengue ganhasse o direito a conservar o troféu da Liga como propriedade sua pela sexta vez.
 
A brilhante exibição dos merengues ficou manchada pela morte do presidente do clube. O Real Madrid quis ter um gesto de gratidão a título póstumo para com a figura de Santiago Bernabéu. O objectivo era que o seu grande trabalho em prol da instituição perdurasse na memória colectiva. A 31 de Agosto de 1979, celebrou-se a primeira edição do troféu que leva o seu nome. Participaram quatro grandes clubes do futebol europeu: Real Madrid, Ajax, Bayern de Munique e Milan.
 

1971 - 1980
  1. DOMINADOR ABSOLUTO

    Os jogadores madridistas exibem-se com o título da liga 1971-1972 conquistado por diante do Valencia e do Barcelona.

  2. AMANCIO FECHA UMA ETAPA GLORIOSA

    O avançado galego terminou a sua etapa no Real Madrid com um novo título da Liga.

  3. falta traducción

    El presidente más longevo de la historia blanca posa con la plantilla en su última campaña al frente del club

  4. PRIMEIRO TÍTULO NO PÓS-BERNABÉU

    Já com Luis de Carlos na presidência, o Real Madrid conquista um novo título da Liga

Miguel Muñoz deixa o banco no auge

Pai do Real Madrid ‘Yéyé’, bateu o recorde de permanência no clube como treinador. Foram 14 anos em que deixou a sua marca vencedora bem vincada. Sob o eu comando técnico, os títulos não pararam de chegar à sala de troféus do Santiago Bernabéu. Na temporada 1973-74 cedeu o lugar a Luis Molowny.

Vencedores da Taça frente ao eterno rival

Em 1974, trinta anos depois do nascimento da rivalidade entre o Real Madrid e o Barcelona, os brancos bateram de forma inapelável os azuis-grená (4-0) na final da Taça. No banco estava Luis Molowny. O novo técnico entrou com o pé direito. Soube manter na equipa o espírito lutador inculcado pelo antecessor, Miguel Muñoz.

Juanito, mito do Real Madrid

A 19 de Novembro de 1976, o clube garantiu a contratação de Juan Gómez ‘Juanito’. O natural de Málaga cumpriu o sonho de vestir e defender as cores do Real Madrid um ano depois. Era um extremo muito temperamental e que mostrava em cada jogada a sua qualidade e técnica com a bola. O primeiro jogo que fez pela equipa foi no Camp Nou, frente ao Barcelona. Assinou uma grande exibição, contribuindo para o triunfo branco por 2-3. Na sua primeira temporada, os brancos ganharam a Liga. Defendeu a camisola madridista com muita garra.

Juanito, mito do Real Madrid

“Há que contratar o 8”

Na temporada 1976-77, o Real Madrid elevou a fasquia e apostou por contratações de renome. Santiago Bernabéu e Agustín Domínguez, secretário-geral do clube, viajaram até Dusseldorf, convidados pelo presidente do Borussia Mönchengladbach. Assistiram ao jogo entre a equipa alemã e o Dínamo de Kiev. O presidente madridista dirigiu-se então a Domínguez e disse-lhe: “O 10 joga bem, mas há que contratar o número 8”. Era Uli Stielike, uma das figuras emergentes do clube alemão. Horas depois, a 29 de Abril de 1977, assinou um compromisso com o Real Madrid num bloco do hotel, até que se elaborou o seu contrato.

-“Há que contratar o 8”

A Taça do Rei mais branca da história

A 4 de Junho de 1980, disputou-se uma final de Taça do Rei insólita e irrepetível no Bernabéu. O duelo entre o Real Madrid e a filial, o Castilla, saldou-se por um triunfo da equipa principal por 6-1. O resultado foi o menos importante. A grandeza dessa final esteve em ver jogar duas equipas do mesmo clube. Tudo ficaria em casa, fosse qual fosse o vencedor. Foi uma festa de fraternidade num Bernabéu a abarrotar. Nessa mesma temporada, o Real conseguiu outra “dobradinha”, ao conquistar igualmente o campeonato da Liga.

Palmarés
Campeonato - 6

Campeonato

6
Taças de Espanha - 2

Taças de Espanha

2
Taça do Rei - 1

Taça do Rei

1
Buscar