1. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    DeportivoDeportivo
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 15
    Santiago Bernabéu
    2016/12/10
    20:45

    partilhar

    Seguinte

    La Liga20:45Real MadridvsDeportivo

    Anterior
  2. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    GranadaGranada
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 17
    Santiago Bernabéu
    2017/01/07
    13:00

    partilhar

    Seguinte

    La Liga13:00Real MadridvsGranada

    Anterior

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

1911-1920

O futebol espanhol vivia um período de dificuldades e indefinição. O Real Madrid não passou ao lado dele, mas conseguiu superá-lo graças à inteligência dos seus dirigentes. Estes, perante um número de adeptos cada vez maior, perceberam a necessidade de uma mudança de campo para facilitar a afluência de espectadores e, desse modo, obter maiores receitas. Deu-se então a mudança para o estádio de O’Donnell. E o nosso clube adquiriu uma dimensão tão grande que a Casa Real de Sua Majestade o Rei lhe concedeu ao Madrid o título de ‘Real’ (1920).

Podes ver com detalhe cada temporada desta década no Timeline do nosso Facebook.

Pensou-se que a constituição de uma Federação seria uma solução rápida para a crise, mas não. Cada clube olhava apenas pelos seus interesses e enquanto uns apoiavam a Federação, outros formaram um organismo paralelo, a União de Clubes. Também em Madrid, predominou um sentimento de desilusão e desencanto. A junta directiva teve mesmo de evitar a ‘demissão’ do presidente, Adolfo Meléndez.

A duplicação de competições e de interesses não enfraqueceu, no entanto, a expectativa em torno do futebol. Os adeptos continuavam a ir ver a sua equipa. O Madrid, com a mudança para O’Donnell, tinha dado um passo no sentido da profissionalização. Com mais espectadores, havia maiores receitas e maior orçamento para contratar jogadores. O novo campo era o melhor da então ‘Villa y Corte’ de Madrid, com uma lotação de 5.000 espectadores.
 
A temporada de 1015-16 saldou-se por uma brilhante participação no Campeonato de Espanha. Sagraram-se vice-campeões depois de vencerem numa épica meia-final o Espanhol, tendo caído numa não menos marcante final perante o Atlético de Bilbau. As circunstâncias que rodearam aquela final tiveram consequências e terminaram com a demissão, dias mais tarde, de toda a junta directiva. Pedro Parages assumia a liderança, em detrimento de Adolfo Meléndez. A mudança deu frutos e, na temporada seguinte, o Madrid voltava a ser campeões de Espanha.

1911 - 1920
  1. SANTIAGO BERNABÉU EM PLENA AÇÃO

    Na sua época como avançado na equipa branca (1912-1927) Santiago Bernabéu, disputa uma jogada com Gonzalito, jogador do Racing. Um desafío entre dois dos melhores jogadores daqueles tempos heroicos.

  2. EQUIPA CAMPEÃ DA REGIÃO CENTRO

    A formação do Real Madrid conquistou o Campeonato da região Centro, ao vencer por 3-1 o Atlético de Madrid (na altura Athletic de Madrid). Bernabéu foi o autor do terceiro golo, um dos melhores que se pode recordar.

  3. JOGO NO CAMPO DE O'DONNELL

    Com o campo já vedado, o estadio de O'Donnell foi o primeiro terremo de jogo do Real Madrid. A imagem corresponde a um clásico Madrid-Atlético de Madrid (na altura Athletic de Madrid).

  4. BERNABÉU E A SUA FORMA DE BRILHAR COMO JOGADOR

    Em plena juventude, o então jogador avançado do Real Madrid disputa uma bola, junto a outros jogadores. Deixou a sua marca gravada como futebolista.

Afonso XIII intercede para ser assinada a paz no futebol

Em face da irresolúvel disputa entre a Federação e a União de Clubes, o rei Afonso XIII decidiu intervir. Recebeu o presidente da Federação, Juan Padrós, e reconheceu este organismo como o único representante do futebol espanhol. Ao mesmo tempo, incentivou a União a “federar-se e esquecer quezílias antigas”. Nesse momento, assinava-se uma paz que voltou a pôr o futebol espanhol sobre carris.

Santiago Bernabéu, como jugador (1913)

Solucionados os problemas organizativos e de representatividade, tudo voltou à normalidade. Foi nessa altura que surgiu a grande figura do Madrid, Santiago Bernabéu (link para a ficha). E fê-lo como futebolista. Avançado robusto e com grande capacidade goleadora, o natural de La Mancha acabaria por tornar-se o capitão da equipa e grande referência do clube. Era um presságio do que sucederia anos mais tarde, então já à frente da instituição.

Santiago Bernabéu, como jugador (1913)

Vencedores da Taça nove anos depois

No plano desportivo, aqueles tempos não tinham sido muito produtivos para o Madrid. A expectativa gerada pela equipa não tinha correspondência em títulos. Mas isso mudou a partir da temporada 1916-17. A equipa branca, depois de uma meia-final duríssima com o Europa, encontrava-se na final com o temido Arenas de Guecho. Os comandados de Arthur Johnson rubricaram um jogo espectacular, ganhando no prolongamento e devolvendo o título às vitrinas madridistas.

Palmarés
Taças de Espanha - 1

Taças de Espanha

1
Troféu Regional - 5

Troféu Regional

5
Buscar