1. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    DeportivoDeportivo
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 15
    Santiago Bernabéu
    2016/12/10
    20:45

    partilhar

    Seguinte

    La Liga20:45Real MadridvsDeportivo

    Anterior
  2. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    GranadaGranada
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 17
    Santiago Bernabéu
    2017/01/07
    13:00

    partilhar

    Seguinte

    La Liga13:00Real MadridvsGranada

    Anterior

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

2001-2010

O novo século trouxe ventos de mudança ao basquetebol. A criação da Euroliga, as alterações nas regras e na composição dos plantéis e a internacionalização da NBA. Para a secção, esta década ficou caracterizada pela sua ambição em aumentar o palmarés e o prestígio do clube.

Na temporada 2000-01 nasceu uma nova competição: a Euroliga. Com ela, os clubes adaptavam a histórica Taça dos Campeões Europeus (depois também apelidada de Liga Europa) aos novos tempos. O jogo inaugural foi um Real Madrid-Olympiakos, disputado no antigo pavilhão da Cidade Desportiva, rebaptizado Raimundo Saporta em 1999. Não foi obra do calendário mas sim um reconhecimento ao clube rei da Europa.

2001 - 2010
  1. PROVIDENCIAL HERREROS

    Los últimos minutos de Alberto Herreros como jugador de baloncesto le dieron una Liga ACB al Real Madrid. El madrileño coronó así una carrera histórica.

  2. TRIUNFO NA TAÇA ULEB

    A 10 de Abril de 2007, o Real Madrid colocou o seu nome no quadro de ganhadores da Taça ULEB. Charles Smith foi o MVP da final frente ao Lietuvos.

  3. SERGIO LLULL, POTÊNCIA E OUSADIA

    Para além da duplicidade de títulos, uma das melhores notícias da temporada 2006-07 foi a contratação de Sergio Llull. O de Mahón rapidamente conquistou o público madridista.

  4. CONSTRUINDO O FUTURO

    Em 2009 Llull conjuntamente com Sergio Rodríguez, vindo da NBA, formaram uma dupla demolidora.

A final mais inacreditável

Da extensa lista de finais disputadas pelo Real Madrid ao longo da sua história, a da ACB de 2005 foi uma das mais impressionantes. A série que decidiria o título contra o Tau chegou ao quinto encontro, disputado em Vitória. O duelo foi equilibrado, mas nos minutos finais a equipa da casa conseguiu fugir no marcador. Com uma vantagem de oito pontos a 42 segundos da conclusão, os seus adeptos já festejavam a conquista da Liga. O Madrid não se rendeu, combinou ataques rápidos com boas acções defensivas e deu a volta ao marcador. Alberto Herreros assinou o 69-70 final com o triplo do canto que passou à história. Por ter significado o título e por ter sido a sua última acção enquanto jogador de basquetebol. O extremo madrileno terminou a sua carreira como melhor marcador da história da ACB (8.995 pontos) e passou a integrar a direcção desportiva da secção.

A final mais inacreditável

Uma equipa emocionante

En 2006 el Real Madrid le confió el equipo a Joan Plaza, que había sido entrenador asistente hasta la temporada anterior. El resultado de ese movimiento fue la creación de un bloque que arrasó en la ACB con jugadores que han pasado a la historia de la sección como Felipe Reyes (MVP de la final) y Louis Bullock. En 2007 el Madrid también consiguió la Copa ULEB, el primer título europeo desde 1997. Otro de los éxitos de esa temporada fue la apuesta por un joven base llamado Sergio Llull.

Uma equipa emocionante
PALMARÉS
Taça ULEB Basquetebol - 1

Taça ULEB Basquetebol

1
Ligas - 2

Ligas

2
Torneio de Natal - 2

Torneio de Natal

2
Buscar