1. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    Borussia DortmundBorussia Dortmund
    Informação do jogo
    Champions League, Jornada 6 (Fase de Grupos)
    Santiago Bernabéu
    2016/12/07
    20:45

    partilhar

    Seguinte

    Champions League20:45Real MadridvsBorussia Dortmund

    Anterior
  2. Close
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    DeportivoDeportivo
    Informação do jogo
    La Liga, Jornada 15
    Santiago Bernabéu
    2016/12/10
    20:45

    partilhar

    Seguinte

    La Liga20:45Real MadridvsDeportivo

    Anterior

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

1981-1990

O Real Madrid continuou a ter os melhores jogadores do momento mas passou a enfrentar uma concorrência cada vez maior devido ao boom do basquetebol nos anos oitenta. Esta fase ficou marcada pela criação da Liga ACB e por dois nomes lendários do desporto da bola ao cesto: Fernando Martín e Drazen Petrovic.

Em 1983 foi criada a Associação de Clubes de Basquetebol, que passou a organizar a Liga, em vez da Federação. O número de equipas participantes aumentou consideravelmente e modificou-se o sistema de competição. Pela primeira vez, o título foi decidido no formato de play-offs.
 
O Real Madrid, que tinha ganho 22 das 27 edições da Liga Nacional (de 1957 a 1983), manteve o seu domínio, impondo-se nas primeiras três ACB da história (de 1984 a 1986). Foram os anos da consagração de Fernando Martín, Romay e Iturriaga. A secção, que tinha comemorado as Bodas de Ouro em 1981, gozava de uma saúde invejável.

1981 - 1990
  1. LA PRIMEIRA RECONQUISTA DA TAÇA EUROPA

    Em 1984, o Real Madrid reconquista a Taça Europa frente ao Milão. Para recordar, o lançamento livre de Rafa Rullán.

  2. INTENSOS DUELOS EUROPEUS

    Na imagem, o jogo de Petrovic é defendido por Del Curral e Iturriaga. Foram numerosas as vezes em que "Amadeus" teve de enfrentar o Real Madrid dentro do seu cibório.

  3. FERNANDO MARTÍN, UM MITO

    Estreou-se com o Real Madrid na Taça do Mundo de Clubes, em 1981. No primeiro jogo, como titular marcou 50 pontos. Um símbolo para o Real Madrid

  4. A MAGIA DE PETROVIC

    O génio croata assinou pelo Real Madrid em 1988. Ajudou a ganhar a Taça do Rei e na reconquista histórica da Taça da Europa, na temporada de 1988-89.

  5. O ARRANHA-CÉUS BRANCO

    O gigante do basquetebol nacional jogou para o Real Madrid entre 1976 e 1993, período em que ganhou tudo.

De inimigo temível a aliado

Como aconteceu desde sempre, a presença de grandes rivais nos anos oitenta deu ainda mais brilho à história da secção. Nesta altura, um nome destacou-se acima de todos os outros: Drazen Petrovic. O jovem croata dominava na Europa fruto do seu talento e forte personalidade. Em 1985, conquistou a Taça dos Campeões pelo Cibona de Zagreb precisamente frente ao Real Madrid, um dos adversários que mais o motivavam. Em 1986, Petrovic marcou 90 pontos em dois novos duelos contra os madridistas. O Real vingou-se em 1988, arrebatando-lhe a Taça Korac. Com este triunfo, Lolo Sainz tornou-se o primeiro treinador a ter os três troféus europeus no palmarés (Taça dos Campeões, Taça das Taças e Korac). Na temporada seguinte, o génio croata iria vestir-se de branco.

De inimigo temível a aliado

Una noite de glória em Atenas

A temporada 1988-89 começou cheia de sonhos e ilusões. Madrid tinha organizado o Open McDonald’s, em que a equipa branca fez frente aos Boston Celtics. Meses mais tarde, conquistou a Taça do Rei frente ao Barça. Aquela época teve um momento único a 14 de Março de 1989. O Real Madrid conseguiu, nesse dia, ganhar a Taça das Taças numa das finais mais memoráveis da história do basquetebol europeu. Drazen Petrovic marcou 62 pontos e a equipa branca impôs-se por 117-113 ao Snaidero Caserta de Oscar Schimdt. Um jogo de sonho.

O adeus a Fernando Martín

Após quinze anos como treinador branco, Lolo Sainz passou a ocupar o cargo de secretário técnico no início da temporada 1989-90. No seu lugar colocou um treinador da NBA, George Karl. Drazen Petrovic tinha feito o percurso inverso ao técnico norte-americano, deixando o peso do Real Madrid em cima dos ombros robustos de Fernando Martín. Mas o destino atravessou-se no seu caminho a 3 de Dezembro de 1989. O poste madrileno sofreu um acidente de viação fatal quando se dirigia para um jogo no Palácio dos Desportos. A sua súbita desaparição teve um impacto enorme na sociedade espanhola. Milhares de pessoas passaram pela capela ardente instalada no pavilhão da Cidade Desportiva. Em sua honra, o Real Madrid retirou a camisola 10, o único número que mais nenhum jogador pôde usar desde então.

O adeus a Fernando Martín
PALMARÉS
Campeonato do Mundo de Clubes - 1

Campeonato do Mundo de Clubes

1
Taça das Taças Basquetebol - 2

Taça das Taças Basquetebol

2
Taça Korac - 1

Taça Korac

1
Ligas - 4

Ligas

4
Taça do Rei de Basquetebol - 3

Taça do Rei de Basquetebol

3
Supertaça de Basquetebol - 1

Supertaça de Basquetebol

1
Torneio de Natal - 5

Torneio de Natal

5
Buscar