1. Close
    Champions League Jornada 3
    vivê-la em Santiago Bernabéu
    Real MadridReal Madrid
    vs
    TottenhamTottenham
    Informação do jogo
    Champions League, Jornada 3
    Santiago Bernabéu
    10/17/2017
    20:45
    COMPRAR BILHETES

    partilharfacebooktwittergoogle +

    Seguinte

    Champions League20:45Real MadridvsTottenham

    Anterior
  2. Close
    Euroliga Jornada 2
    vivê-la em WiZink Center
    Real MadridReal Madrid
    vs
    CSKA MoscowCSKA Moscow
    Informação do jogo
    Euroliga, Jornada 2
    WiZink Center
    10/19/2017
    21:00
    COMPRAR BILHETES

    partilharfacebooktwittergoogle +

Seleccione a plataforma preferida para comprar os seus bilhetes

Barcelona - Real Madrid

1-3: O Real Madrid realizou uma grande exibição em Camp Nou

Ver galeriaVer video

CRÓNICA | 14/08/2017 | Alberto Navarro (Barcelona) | FOTÓGRAFO: Ángel Martínez

Os golaços de Ronaldo, expulso injustamente, e Asensio dão o triunfo aos comandados por Zidane contra um Barcelona inferior.
  • Supertaça de Espanha
  • Primeira mão
  • 13/08/2017
Camp Nou
1
3

O Real Madrid deu um passo de gigante em direcção ao objectivo de ganhar a Supertaça de Espanha. A eliminatória vai ser decidida no estádio Santiago Bernabéu, mas o primeiro golo de Piqué na própria baliza e os golaços de Cristiano Ronaldo e Asensio serviram para tomar de assalto o Camp Nou e dar um golpe de autoridade ao adversário. Os brancos demonstraram acima de tudo o seu carácter vencedor e souberam ultrapassar todas as adversidades que encontraram: um penálti inexistente contra e a injusta expulsão de Criatiano Ronaldo, por duplo amarelo.
 
Foi sem golos que terminou uma igualada primeira metade, na qual se contabilizaram poucas ocasiões claras de golo, apesar do vencedor da Liga se ter aproximado mais da área adversária. Apenas duas, uma para cada equipa. A primeira foi para o Barcelona aos 10’, mas o disparo de Luis Suárez depois de ganhar as costas à defesa madridista criou poucos problemas a Keylor Navas. A do Real Madrid apareceu aos 37’. Isco recebeu descaído, ultrapassou a defesa da casa e fez um centro milimétrico para Bale que rematou de primeira com o pé direito. Ter Stegen teve que mostrar os seus reflexos para enviar o esférico para canto.    

Autogolo de Piqué
O jogo mudou radicalmente após a passagem pelos balneários. Jogou-se a um ritmo muito mais alto e passaram apenas cinco minutos até o Real Madrid ganhar vantagem. Isco controlou perto da lateral, entregou o esférico a Marcelo, que o dobrava, e Piqué, na tentativa de despejar o centro do brasileiro colocou a bola na própria baliza. A equipa já tinha conseguido o mais complicado, marcar fora, e esteve perto de voltar a marcar cinco minutos mais tarde. Espectacular jogada de Benzema, que fugiu a Piqué com uma bonita bicicleta, e centrou atrasado para Carvajal. Jordi Alba, sobre a linha de golo, evitou o tento do lateral dos brancos.  

O REAL MADRID MARCA HÁ 67 JOGOS OFICIAIS CONSECUTIVOS.  

O Barcelona adiantava linhas em busca do empate, e o Real Madrid continuava a tentar atacar a área adversária, em vez de recuar e tentar guardar a vantagem obtida. As entradas de Cristiano Ronaldo e Asensio deram mais frescura à equipa, que podia ter marcado em duas jogadas seguidas. Centro de Bale e o remate acrobático de Cristiano Ronaldo não acertou na baliza aos 70’. Rápida recuperação do esférico pelos brancos. Calcanhar do português e potente disparo de Marcelo que Ter Stegen enviou para canto.

Penálti inexistente
Eram os melhores minutos do conjunto visitante, e Busquets podia ter empatado depois de uma série de ressaltos lhe darem uma bola fácil na pequena área aos 74’ mas que este rematou por alto. O tento da equipa da casa seria três minutos mais tarde após um mergulho para a piscina de Suárez frente a Keylor Navas que Messi transformou.

Espectacular tento de Cristiano Ronaldo
Havia que voltar a começar do início mas o tento da equipa da casa não alterou o guião ofensivo dos pupilos de Zidane, a insistência obteve o merecido prémio aos 80’. O contra-ataque foi tão rápido como eficaz. Isco conduziu a bola e entregou-a a Cristiano Ronaldo, que encarou Piqué, fintou para dentro e inventou um potente remate de pé direito contra o qual nada podia ter feito Ter Stegen. Golaço.

Sentenciou Asensio
Os brancos voltavam a estar na frente, mas dois minutos mais tarde ficaram reduzidos a dez futebolistas devido à injusta expulsão de Cristiano Ronaldo. O português viu o primeiro amarelo nos festejos do golo e a segunda por supostamente simular um penálti num lance dentro da área com Umtiti. Esta adversidade não desviou o Real Madrid do seu objectivo e já aos 90’ Asensio surpreendeu Ter Stegen com um espectacular remate de pé esquerdo para sentenciar e encontro e aproximar os madridistas do seu segundo título da temporada. O internacional espanhol demonstrou além disso, que é um especialista em marcar de cada vez que se estreia numa competição. Nas seis que se estreou  como madridista marcou. Na quarta-feira disputa-se a segunda mão no Bernabéu e aí termina a Supertaça de Espanha. O Real Madrid demonstrou em Barcelona porque é a melhor equipa do mundo. 

Buscar